O Projeto COM VIDA nasceu após a dentista e atleta Raquel Trevisi lutar bravamente contra a Covid grave por 30 dias de internação, 20 dias de UTI, duas intubações, complicações como trombose em braço e perna, infecção no sangue, perder 25 quilos e sair com quadro de tetraplegia temporária.

Se viu diante da necessidade de uma equipe multidisciplinar para reaprender a andar, fazer tarefas básicas como se virar na cama, comer, ir ao banheiro, ficar sentada, enfim, se viu diante de privilégios para recuperação das sequelas deixadas pela doença e enxergando que a realidade para a maioria não é essa.

O coração dela foi imensamente tocado ao entender que as pessoas que são tratadas no hospital público e não tem condições financeiras, na maioria das vezes recebem a notícia da alta quase que no ato da alta, e não sabem como ir buscar o paciente, como receberá o familiar, como cuidar, higienizar, alimentar, como trará dinheiro para casa. Foi aí que a ideia do projeto nasceu, em uma conversa com a sua amiga e enfermeira Renata Cazuza, ainda em sua reabilitação.

O Projeto COM VIDA fornece atendimento remoto (em alguns casos presencial) voluntário que proporciona assistência aos pacientes com sequelas da Covid grave, cuida e acolhe psicologicamente e fisicamente para a retomada da vida.

O projeto idealizado por ela proporciona atendimento aos desassistidos em todos os sentidos: intelectual, físico e emocional. Como diz a Raquel: algumas pessoas não tem nem quem rezem em nome delas.

quem somos

"O projeto oferece aos pacientes a oportunidade de voltar a sua rotina mais rápido, de se re-habilitar e assumir de volta a autonomia e independência. O projeto é esperança, amor, carinho, cuidado e muito profissionalismo, com o objetivo de amenizar as aflições e sequelas de tantas pessoas acometidas pelo Covid-19."

Raquel criou o projeto e durante sua reabilitação uma nova luta estava por vir. O pai dela se contaminou pela doença, foi intubado, ficou quase dois meses internado e faleceu no dia 11 de Janeiro. Raquel sentiu mais uma necessidade ao projeto, amparar também os enlutados.